QUERO MINHA VAGA


A sobre-excitabilidade (SE) tem sua origem no corpo, ela é orgânica e neurológica. Ela gera uma reação biológica mais intensa que a geralmente esperada em situações quotidianas. Esta reação amplifica a atividade mental. A atividade mental ampliada leva a comportamentos que podem soar desproporcionais (exagerados). Pessoas com SE elevada mostram uma sensibilidade mais aguçada aos estímulos, o que pode trazer facilidades e também dificuldades na vida. Muitas vezes, os efeitos da SE são confundidos com psicopatologias e diagnosticados erroneamente. Existem cinco áreas nas quais a SE é observada: a psicomotora, a sensorial, a imaginativa, a intelectual e a emocional. Conhecer a SE auxilia, em grande medida, a compreender os processos de desenvolvimento humano do nascimento até a morte.

 

              É uma grande satisfação poder apresentar para pais, professores, profissionais da área da saúde e educação, os resultados reunidos neste curso a partir dos anos que tenho trabalhando com as altas habilidades/superdotação a partir das contribuições de Kazimierz Dabrowski. Espero que Dabrowski possa te ajudar a ver o mundo de uma maneira diferente e expandir horizontes, assim como ele ajuda a mim. E que juntas e juntos possamos construir novas possibilidades de vida.

 

Professora Patrícia Neumann




Graduada em Psicologia pela FAG (2012) com ênfase em Psicologia e Processos Educativos. Mestra em Educação pela Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO (2015). Graduada em Filosofia pela UNICENTRO (2019). Na Educação, atua em Educação Especial, linha Educação, Altas Habilidades/Superdotação e Avaliação Psicológica e Pedagógica. É vinculada ao GIEDH, grupo de pesquisa na UNICENTRO (PR) e ao GIEPAHS, grupo de pesquisa do IFPB (PB). Em Educação, os temas de pesquisa são Teoria da Desintegração Positiva, sobre-excitabilidade, altas habilidades ou superdotação (AH/SD), vida adulta, desenvolvimento socioemocional e interseccionalidade. Em Psicologia, investiga o desenvolvimento da personalidade e sua relação com processos formativos educativos individuais e sociais. Trabalha na formação continuada de profissionais da educação e saúde com ênfase em Educação Especial - área de AH/SD; na avaliação psicoeducacional de AH/SD, na supervisão a profissionais da psicologia e psicopedagogia para avaliação e atendimento às AH/SD, na revisão científica de livros; como parecerista de artigos sobre AH/SD em revistas científicas, na psicoterapia individual de adultas(os) e na supervisão de casos clínicos.



QUERO MINHA VAGA


A sobre-excitabilidade faz com que aquilo que é vivido, sentido e pensado se intensifique. Ou seja, uma experiência qualquer do quotidiano é muito mais intensa para as pessoas com sobre-excitabilidade. Podem ser as experiências intelectuais, as emocionais, as sensoriais, as psicomotoras e/ou as imaginativas. A sobre-excitabilidade pode ser observada em pessoas com altas habilidades ou superdotação e também em outras condições de desenvolvimento neurodivergente como nos ditos diversos transtornos. A pessoa que apresenta sobre-excitabilidade sente e pensa o mundo de forma diferente e, por isso, pode ser comumente confundida com alguma patologia. Por ser, sentir e pensar o mundo intensamente, são pessoas que precisam de atendimento na educação e na saúde que considere suas necessidades especiais. Por isso, compreender o que é a sobre-excitabilidade, como ela se manifesta e as consequências dela na vida das pessoas é fundamental a quem deseja atuar na promoção de saúde e educação. O desconhecimento sobre isto pode gerar muitos equívocos e por em risco o bem-estar e o crescimento de outrem..



QUERO MINHA VAGA



Example text content..